Ex-governador da Bahia, Roberto Santos, morre em Salvador




O ex-governador da Bahia, Roberto Figueira Santos, morreu nesta terça-feira, dia 09 de fevereiro de 2021, aos 94 anos. A informação foi divulgada pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), onde ele foi reitor.


"Informo aos membros da comunidade UFBA que Dr. Roberto Santos, nosso ex-reitor e nosso grande amigo, acaba de falecer. A UFBA, mais uma vez, está de luto. Expresso aqui nossos sentimentos mais profundos", disse o reitor da Ufba, João Carlos Salles, nas redes sociais.

Roberto Santos foi governador da Bahia entre 1975 e 1979, além de ministro da Saúde de 1986 a 1987 no governo de José Sarney.

Filho do ex-reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Edgard Santos, o ex-governador também ocupou a mesma função do pai de 1967 até 1971.

Nas redes sociais, o governador da Bahia, Rui Costa, lamentou a morte de Roberto Santos e decretou luto de três dias.

"Com profundo pesar, recebi a notícia do falecimento do ex-governador Roberto Santos. Médico, professor e ex-reitor da UFBA, dr Roberto Santos deu grande contribuição ao desenvolvimento do estado e deixa um legado de muito trabalho, respeito aos baianos e valorização da ciência", disse Rui Costa.

"Meus sentimentos aos seus familiares e amigos por esta grande perda. Decreto três dias de luto oficial na #Bahia pela morte de Doutor Roberto Santos", revelou.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, destacou a importância de Roberto Santos na história da Bahia.


"O governador Roberto Santos teve importância fundamental na história da Bahia. Foi um ser humano comprometido com o desenvolvimento de nosso estado, principalmente com a Educação e Saúde. Quero expressar meus sentimentos aos seus familiares e amigos nesse momento de dor", disse o prefeito de Salvador.


Fonte: G1    

Postar um comentário

0 Comentários